PIPOCA CONTRIBUI PARA A PERDA DE PESO E DESACELERA ENVELHECIMENTO!

Dieta da Pipoca ajuda a emagrecer com saúde

Incluir a guloseima no cardápio pode parecer estranho, mas ela pode ser uma aliada da saúde e da boa forma.

Apesar de parecer mentira, a pipoca pode ser saudável e ainda ajuda a emagrecer. Mas, segundo a chamada “dieta da pipoca”, isso só funciona se a guloseima for preparada sem sal e gordura (ou seja, o balde do cinema está proibido).

Ela é um alimento cheio de virtudes:

 

 

1-Contém grande quantidade de oxidantes – chega a ser o dobro da de frutas. Isso permite a prevenção de doenças degenerativas, como câncer e diabetes.

 

2-Tem elevada quantidade de fibras. Ou seja, permite o funcionamento regular do intestino.

3-Desacelera o envelhecimento, pois tem antioxidantes que combatem os radicais livres que provocam a velhice.

4-Em quantidade moderada, pode contribuir para a perda de peso.

A estratégia consiste em evitar que, nos momentos de gula, alimentos gordurosos ou com muito açúcar estraguem o resultado. E, além de ajudar a dar saciedade, as pipocas ainda melhoram a saúde.

 

 

Alimento Saciante

Um estudo publicado no “Nutrition Journal” em 2012 descobriu que as pessoas ficavam mais satisfeitas e comiam menos calorias em lanches e refeições principais quando comiam pipoca como lanche do que quando comiam batatas fritas. A pipoca emagrece por ser um alimento saudável integral que te oferece fibras, muito saciante mesmo que não tenha muitas calorias. Alimentos que têm pouca densidade calórica, ou calorias por grama – como a pipoca – são ótimos lanches em uma dieta já que você pode comer mais sem consumir muitas calorias. De acordo com o Centro de Controle e Prevenção de Doenças, é a quantidade de alimentos que você come, e não a quantidade de calorias, que te faz se sentir saciada.

Estourar um quarto de xícara de milho de pipoca dá cerca de 8 xícaras – suficiente para uma noite inteira assistindo filmes – e contém 9,6 gramas de fibras, cerca de um terço da quantidade diária recomendada. Pipocas de microondas contêm praticamente a mesma quantidade de fibras por xícara, mas aquelas que usam manteiga e óleo contêm mais gordura saturada e calorias, diminuindo os benefícios das fibras.

 

Estudos revelam que essa comida é rica em fibras, antioxidantes, ácido fólico, magnésio e vitaminas B1 e B2. Claro que, apesar disso, ela não substitui as grandes refeições, mas pode ser uma alternativa para os lanches intermediários.  

Bem interessante né? Então, bora incluir a pipoca nos lanches da tarde???

 

 

Deixe uma resposta