Presidente da Petrobrás pede demissão

 

O presidente da Petrobras, Pedro Parente, pediu demissão na manhã desta sexta-feira (1º) em caráter “irrevogável e irretratável”.

Parente ficou exatamente dois anos no comando da Petrobras, já que tomou posse no dia 1º de junho de 2016.

Em carta enviada ao presidente Michel Temer, Parente diz que sua saída é “irrevogável” e que sua “permanência na presidência da Petrobras deixou de ser positiva e de contribuir para a construção das alternativas que o governo tem pela frente”.

Pressionado devido à atuação da Petrobras na crise com os caminhoneiros, o executivo deixa o comando da estatal exatamente dois anos após sua posse, em 1º de junho de 2016, no início do governo Temer.


A política de preços de combustíveis da Petrobras foi um dos principais alvos dos caminhoneiros durante a paralisação da categoria nos últimos dias. Parente declarou em mais de uma ocasião que não mexeria nos preços e, diante disso, se viu pressionado e sofreu um grande desgaste no comando da estatal.


“Tenho refletido muito sobre tudo o que aconteceu. Está claro, sr. presidente, que novas discussões serão necessárias”, diz Parente na carta.

Porque Milhares de Mães estão trabalhando em casa?Veja reportagem completa aqui!


Ela tem o Melhor trabalho do Mundo e ganha R$700,00 por dia!Porque Milhares de Mães estão trabalhando em casa?Veja reportagem completa aqui!


Descubra como Mães estão voltando a ter o corpo que tinham antes da gravidez em 60 dias, sem precisar sair de casa…


Sem passar fome, mulher REVELA como conseguiu emagrecer e salvar seu casamento. “Isso mudou minha vida…


Novo método inibe fome e faz mulheres perderem até 16kg em 2 mesesDescubra como Mães estão voltando a ter o corpo que tinham antes da gravidez em 60 dias, sem precisar sair de casa…


Ganhando R$ 15 mil por mês, jovem de 22 anos revela como passou e, 10 Concursos federais

Deixe uma resposta